Warning: Invalid argument supplied for foreach() in /home/dubiella/public_html/wp-content/plugins/speed-booster-pack/inc/core.php on line 472

Detalhes de Montevidéu

Publicado em: Viagem

16 mar 2017

Nem só de grandes obras ou belas paisagens se faz uma cidade atraente aos olhos curiosos. Eu gosto de pescar alguns detalhes para marcar a passagem por um novo local visitado. Claro que em sua maioria acabam sendo registros arquitetônicos, mas nem todos. Alguns nos remetem à fatos históricos, outros são mais contemporâneos. Nas fotos abaixo dou maiores explicações às imagens captadas.

A âncora do Graf Spee. Para os aficionados ao assunto Segunda Guerra Mundial, esse é um local interessante a ser visitado. O monumento fica próximo ao terminal de cruzeiros, dentro do porto. Retiraram-na do navio de guerra alemão, que foi propositalmente afundado pela tripulação, no Rio da Prata, em frente à Montevidéu. Sendo avariado após uma batalha com navios ingleses, o navio havia permanecido apenas 72 horas no porto da cidade e, não tendo condições de romper o cerco numa nova batalha que os aguardava, os alemães tomaram a medida drástica. Até hoje é um marco relembrando pelos uruguaios.

Além da âncora, encontra-se na mesma pracinha o telêmetro, instrumento de pontaria também retirado dos destroços. O mais emblemático ícone retirado
do navio, porém, não está à mostra em nenhum lugar da cidade. Uma águia segurando a suástica nazista, que servia como figura de proa da embarcação, foi exibida por apenas duas semanas, tão logo foi recuperada em meados de 2006. No mesmo ano, atendendo o pedido do governo alemão, os uruguaios se comprometeram a manter o objeto embalado e guardado sob os cuidados da Marinha.

Para os casais apaixonados que visitam a cidade, tem uma fonte apinhada de cadeados, na avenida 18 de julho, próximo à bifurcação com a aven. Constituintes.
Numa banca de jornais ali perto vendem cadeados. É a réplica de Montevidéu de uma ponte parisiense que serve ao mesmo propósito: as juras de amor.

Na feira da rua Tristan Narvaja uma das barraquinhas oferecia esse modelo de caneca, com a estampa do famoso ex-presidente Mujica, insinuando: Yes we can Nabis, em alusão à frase de campanha de outro famoso ex-presidente, Barack Obama. Em uma abordagem na rua, um nativo puxou papo, comentou o assunto e ofereceu-se para comercializar o produto. Fora isso, não vi outros sinais maiores pelas longas andanças na cidade. Ou seja, não vá pensando que em todo lugar encontrará um bando de maconheiros. Se Montevidéu virará a Amsterdã do Prata após a legalização do comércio da maconha, só o futuro pode dizer.

Vende-se os Beatles. Na região do Mercado do Porto tem várias lojinhas de artesanato e lembrancinhas, exposição de fotografias, galeria de artes…lugar para turista gastar seu tempo e dinheiro. Eu só tomei uma cerveja Patrícia.

Não há prédio público que não tenha uma escultura ou alto-relevo marcando a fachada. Esse é do suntuoso prédio dos Correios do Uruguai, com uma torre altíssima que lembra o campanário de uma igreja, vista praticamente a partir de qualquer ponto da Ciudad Vieja.

Vitral é um negócio que sempre atrai minha câmera fotográfica. Tem vários para registrar nas igrejas, palácios, livrarias…Esse ao lado está no Mercado do Porto, dentro do restaurante Porto Marino.

O Palácio Salvo, na Plaza Independência, talvez seja o maior símbolo da cidade, daquele tipo como é a Torre Eifel, a Estátua da Liberdade ou o Cristo Redentor. Todavia, foi tombado como Patrimônio Nacional um pouco tarde demais. Já tem 90 anos, ainda é uma bela construção, mas é mais bonito visto de longe. De perto, detalhes como os bronzes – foto abaixo – que adornam as colunas também se revelam verdadeiras obras de arte, valendo a visita. Mas é um pouco decepcionante conhecer o prédio por dentro e constatar o estado quase miserável da sua pouca conservação. Fiações e encanamentos aparentes, cheiro de mofo, decadência. Com tanto potencial turístico, esse monumento à arquitetura e pujança econômica dos uruguaios merece uma completa revitalização, embora na prática isso seja muito complexo e caro. Tomara que trabalhem para sua preservação, pelo menos.

A Catedral de Montevidéu, bem como outras igrejas na capital uruguaia, merecem uma visita, mesmo que você não seja católico ou cristão. Esse alto-relevo mostrado acima é bem pequeno, do 40 x 30 cm talvez, mas é tão bem feito que vale a pena ser replicado em fotografia. Além de perpetuar a imagem da família, nosso bem maior, não importando a sua crença.

O Aeroporto Internacional de Carrasco, que serve a capital Montevidéu, não poderia ser um portão de entrada melhor para o Uruguai. É um desbunde arquitetônico. Não é grande, mas com certeza é um dos mais bonitos nos quais você pisará. Na parte superior encontram-se dois aviõezinhos pendurados no teto, além de alguns objetos de um dos patronos da aviação uruguaia, compondo um pequeno museu. Um contraste perfeito entre a moderna construção e o legado histórico.

Alguém disse alguma coisa sobre o artigo "Detalhes de Montevidéu"

Avatar

Marcello

maio 1st, 2017 at 12:39

Bela exposição!

Comente aqui (please)

Quem sou eu?

quem souber responder essa pergunta, favor entrar em contato :P

Photostream

Arquivo


Warning: Invalid argument supplied for foreach() in /home/dubiella/public_html/wp-content/plugins/speed-booster-pack/inc/settings.php on line 118

Warning: array_merge() [function.array-merge]: Argument #1 is not an array in /home/dubiella/public_html/wp-content/plugins/speed-booster-pack/inc/settings.php on line 123

Warning: array_values() [function.array-values]: The argument should be an array in /home/dubiella/public_html/wp-content/plugins/speed-booster-pack/inc/settings.php on line 124

Warning: Invalid argument supplied for foreach() in /home/dubiella/public_html/wp-content/plugins/speed-booster-pack/inc/settings.php on line 128